LOCAL

São Paulo

ANO DO PROJETO

2017 | 2018

ÁREA CONSTRUÍDA

26.900 m²

O passado fabril de São Paulo, parte fundamental da identidade da maior cidade brasileira, continua registrado em diversas construções do início do século XX que foram cenário da industrialização do país. Comumente, nos deparamos com imóveis como estes, tombados como patrimônio histórico, em situação de abandono e inviabilidade econômica de recuperação e manutenção.

Com o objetivo de pautar a discussão de valorização do bem tomado junto aos órgãos de proteção do patrimônio histórico, associando restauro à implantação de novos usos, a Levisky Arquitetos desenvolveu um estudo de viabilidade para a transformação da antiga Tecelagem das Indústrias Reunidas Fábrica Matarazzo, construída nos anos 1930, em uma nova instituição de ensino.

A proposta prevê a preservação parcial do conjunto tombado, o restauro da edificação e a ampliação da área, para acomodar o programa do equipamento de ensino. A recuperação de seus vedos e estruturas, como registros da época, a ampliação do alcance do restauro e a requalificação pretendida, abriram de registro da memória construída em seus aspectos históricos, paisagísticos, técnicos e tecnológicos.

A nova edificação surge como um volume leve e transparente, um “prisma de vidro”, que cumpre papel fundamental de conexão entre as edificações do conjunto, criando um pátio interno ao complexo. Além de possibilitar o maior aproveitamento do imóvel, a acomodação de atividades contemporâneas, a valorização e sustentabilidade do bem tombado, que se insere como Escola-Museu.

Veja outros projetos