LOCAL

São Paulo

ANO DO PROJETO

2008 | 2009

CONCLUSÃO

2010

ÁREA DO TERRENO

2.500 m²

ÁREA CONSTRUÍDA

20.000 m²

O projeto buscou valorizar a volumetria do edifício ao inseri-lo em um lote de esquina, relativamente pequeno, mas com muita visibilidade. Criar um ambiente leve e iluminado que conversasse com o entorno, ao mesmo tempo trazendo contemporaneidade, segurança e sofisticação ao edifício de saúde.

Para isso, o escritório projetou um térreo aberto, recuado com jardins e um edifício com composição de volumes e transparências: um convite para trazer o espaço público para o hospital. Assim, quem está dentro do prédio pode ver o lado externo, mas também tem a privacidade garantida pelo tratamento dado aos vidros serigrafados. As cores e a luz natural inseridas nos ambientes internos geram a percepção de leveza e bem-estar e são elementos essenciais para a humanização dos ambientes de cura.

Ter a flexibilidade como premissa fundamental garante o bom desempenho da edificação ao permitir a adaptabilidade às novas necessidades de programa das especialidades e às inovações tecnológicas dos equipamentos médicos.

A Unidade Avançada Perdizes foi criada com o intuito de oferecer amplos serviços de saúde e um atendimento especializado. Assim, contempla um pronto atendimento, centro de diagnóstico, espaço saúde da mulher, centro oncológico e Day Clinic com centro cirúrgico de baixa complexidade e alguns leitos de curta permanência.

Prêmio Melhor da Arquitetura 2011
VIII Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa
 Certificação Leed Silver – 2012

img_0377
Veja mais projetos